democracia e dívida

Pode um Primeiro-Ministro eleito entregar um país a credores estrangeiros? Pode, se a população o deixar.

In Noticias on 23/04/2014 at 8:37 pm

"O primeiro-ministro Passos Coelho disse esta quarta-feira (…) que existirão avaliações e consultas enquanto não for pago 75% do empréstimo." in Publico de hoje.

http://www.publico.pt/politica/noticia/passos-diz-que-havera-sempre-avaliacoes-da-troika-mas-nao-como-as-actuais-1633339#/0

Mais afirma que depois de o FMI terminar a sua “relação tradicional”, “continuará a haver consultas por equipas diferentes desta que terão a supervisão”, acrescentou.

Como a Dívida só é pagável com as assumpções impossíveis dos modelos que o governo e a troika usam, esta afirmação consagra a perda definitiva de soberania de Portugal ao longo dos próximos anos (até ao default). E a sua entrega de mão beijada a credores estrangeiros pela mão dos nossos actuais governantes.

Achas legítima esta decisão? Achas que ela te representa? Foi para isto que votaste? Achas mesmo que deves pagar a Dívida?

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: