democracia e dívida

Da Fava, do Brinde, do Bolo-Rei, e da Dívida Ilegítima

In Noticias on 25/12/2013 at 12:58 pm

Tempos houve em que o bolo-rei tinha fava e brinde. Depois, veio uma dessas famosas leis e uma agência governamental com problemas de afirmação e a fava e o brinde foram proíbidos. A bem da saúde pública e higiene. E o povo obediente e civilizado, nem tugiu nem mugiu. Afinal…era a lei.

E foi assim que se tornou ilegal aquele maravilhoso momento em que as crianças em roda do bolo, esperavam ansiosas, fatia a fatia, a saída do brinde; e fingiam sofrer com o risco de lhes sair a fava e ter de pagar o próximo bolo com a sua mesada.

Urge reanimar a capacidade de resistência dos cidadãos. Sendo ilegal, é perfeitamente legítimo colocar brinde e fava no bolo-rei. Fazê-lo é distinguir legalidade de legítimidade. Curiosamente (ou nem tanto) é exactamente essa distinção que é necessária na anulação/renegociação da dívida.

ASAE sobre o bolo rei
http://www.asae.pt/pagina.aspx?back=1&codigono=59895990AAAAAAAAAAAAAAAA

Para contar às crianças de hoje o que é o brinde e a fava (de José Jorge Letria)
http://adntvaudienciadatv.wordpress.com/2013/12/23/especial-de-natal-a-fava-o-brinde-e-o-bolo-rei-3/

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: