democracia e dívida

O que pretendemos dizer com “Juntos Podemos!”?

In Noticias on 15/09/2013 at 11:02 pm

"Juntos Podemos!" tem sido lema de várias mobilizações sociais desde 15 de Maio de 2011 (mais conhecido por 15M). Que significam estas palavras? e porque as usamos no final de alguns textos do Democracia e Dívida?

No Democracia e Dívida não defendemos nenhuma unidade entre movimentos ou qualquer tipo de frente unitária à esquerda. Centramo-nos sim na convergência, na inovação, na radicalidade e na luta pela afirmação das pessoas contra a ditadura da Dívida e os interesses instalados que prejudicam a Democracia.

Por isso, "Juntos Podemos" significa "lado a lado, à vista uns dos outros, olhando uns pelos outros", não significa "em cima uns dos outros" [esmagando as vontades e ideias individuais num qualquer movimento unitário], e muito menos significa "em fila indiana" [seguindo um líder ou sujeitando opiniões e opções
individuais à vontade de colectivos pretensamente esclarecidos].

Sabemos da importância de coordenar acções mas não somos reféns dessa importância. Afirmamos a nossa vontade de mudança, e agimos para que ela aconteça. Juntos, mais ou menos próximos de outros que partilham connosco objectivos, mais ou menos coordenados e articulados nas várias acções, procuramos beneficiar (e maximizar) daquilo que são as vontades, ambições e estratégias multifacetadas tão tipicas dos pequenos grupos de pessoas, para tentar chegar à população e estimulá-la a participar.

Juntos Sim, Juntos Poderemos, Juntos Podemos!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: